pub-1582217690077140
Bate Papo Cultura Nerd Nerd

CAROLE & TUESDAY: A CANÇÃO QUE NOS FALTAVA

on
23 de outubro de 2019

“Foi praticamente um milagre…” com essas palavras, começam os episódios de um dos mais novos animes a estreiar na Netflix brasileira. Carole & Tuesday pode passar batido por quem está rolando rapidamente pelos vários títulos da plataforma, mas senta aqui na taverna comigo, pede mais um caneco de bebida, e me dê alguns minutos para te convencer à assistir ao menos ao primeiro episódio.

A história se passa em um futuro fictício, onde a humanidade conseguiu se mudar para Marte e lá já vive há mais de 40 anos. Com todos os avanços tecnológicos, muito da vida humana se tornou artificial, incluindo a música, a qual é produzida majoritariamente por inteligência artificial, as famosas A.Is ou I.A.s para os brasileiros (qualquer semelhança com o atual uso excessivo de autotune, não é mera coincidência, rs).

No meio desse mundo artificial, duas garotas que se conhecem por acaso, formam uma dupla e, criando músicas no estilo tradicional do papel, caneta e violão vão tentar mostrar que a verdadeira “alma” da música não pode ser produzida por robôs.

A história porém não fica só circulando em volta da carreira das duas. Assuntos como xenofobia, política, diferentes formas de amor, família, ciência e abusos no mundo da pesquisa, bem como os problemas que vem junto com a vida de celebridade dão o pano de fundo com o qual a história se constrói, de maneira harmoniosa e muito equilibrada.

Além da história cativante e bons personagens, a animação é algo de encher os olhos, sendo a movimentação dos personagens em muitas cenas feita em rotoscopia (técnica em que a cena é filmada e depois os animadores desenham quadro-a-quadro por cima da filmagem).

(Filmagem para rotoscopia de uma apresentação do personagem Pyotr).

Por se tratar de um anime de música, não poderíamos esperar menos do que uma trilha sonora ótima, que com certeza não decepciona. Por ser um anime focado no uso excessivo de efeitos e composições eletrônicas, os gêneros de música mais aparentes serão justamente pop e eletrônica, mas podemos ver outros gêneros, como o indie (marcado justamente pelas canções das protagonistas), rap e hip hop e até mesmo metal (em uma cena pra lá de cômica do concurso de talentos no qual as duas participam para tentar ganhar fama).

Mas por que um anime sobre música, justo quando a moda no universo japônes é justamente super-heróis e isekai (pra resumir, o gênero do qual fazem parte No Game no Life, Sword Art Online e Konosuba)? A resposta é simples: enquanto os gêneros que citei se baseiam em mangás (os famosos quadrinhos japoneses), Carole & Tuesday surgiu não a partir de algo pré-escrito, mas sim como um projeto de animação para comemorar os 20 anos do estúdio de animação Bones (responsável por animes como Soul Eater e Fullmetal Alchemist) e os 10 anos de sucesso da gravadora FlyingDog (a qual é responsável por artistas como Yoko Kano e Maaya Sakamoto).

5 anos atrás, Shirou Sasaki, presidente da Flying Dog, havia mencionado ao presidente da Bones (Masahiko Minami) que tinha interesse em criar um anime musical. Por ironia, Minami havia acabado de terminar a pordução do anime Space Dandy, que contava com Shinichiro Watanabe na direção. Ao mencionar a ideia para Watanabe, os dois logo começaram a trabalhar em uma nova animação, que viria a ser Carole & Tuesday.

(Shinichiro Watanabe. Fonte: imdb.com)

O diretor e co-roteirista do anime, Shinichiro Watanabe já era conhecido por trabalhos de peso que exploravam a junção de música com animação, como Cowboy Bebop, (uma Space Opera embalada ao som do jazz dos anos 40, o qual empresta seu nome ao título), e Samurai Champloo (curiosidade: Champloo é o nome de um estilo musical que mistura elementos da música tradicional japonesa com o hip hop).

Com Carole & Tuesday, o diretor resolveu inovar um pouco em seu estilo, deixando de trabalhar com protagonistas masculinos e adultos e apostando em duas adolescentes de personalidades discrepantes, porém complementares (enquanto Carole é durona e independente, Tuesday é toda meiga e tímida).

(Mermaid Sisters, a cena mais hilária da primeira temporada, de longe).

O anime , composto por 24 episódios, foi ao ar no Japão em 10 de abril de 2019, no bloco +Ultra da Fuji TV, sendo que posteriormente a Netflix comprou os direitos de transmissão global do anime, estreando uma versão em inglês em 30 de agosto de 2019. Aqui no Brasil, a primeira temporada do anime chegou dublada para nós no início de setembro. A Netflix já confirmou que a segunda temporada estará disponível mundialmente no dia 24 de dezembro. Eu, apressada que sou, já assisti na versão japonesa mesmo, sendo que o último episódio estreou no dia 2 de outubro.

O sucesso da série no Japão foi tão grande, que em 2 maio de 2019 a série recebeu uma adaptação para mangá na Young Ace, sendo produzida por Morito Yamataka, além da trilha sonora estar disponível para compra no site oficial da série, com músicas cantadas por Celeina Ann (quem dubla as canções da Tuesday), Nai Br.XX (voz cantada da Carole), Thundercat (Skip Collins), entre outros.

(capa do 1º volume do mangá).

Bom, é isso meus caros. Espero ter aguçado sua curiosidade quanto à esse anime e aguardo seus comentários. Até a próxima!

TAGS
RELATED POSTS

LEAVE A COMMENT

Olá Viajantes , somos Afiliados da Amazon, caso você precise de algum produto solicite um link para nós , pois assim você estará contribuindo com o nosso site.

Black Friday Amazon
grupo whatsapp TAVERNA
HyperX Microfone Gamer
Propaganda
ALEXA 4ª GERAÇÃO
anunciante
Echo Show 8 e alexa
TECLADO GAMER RAZER
PARCEIRO
pESQUISA
PODCAST CYBNERNEWS #1
PODCAST A ESPADA DE SIHIL
alexa 3 geração
parceiros
Conversa na Taverna