By on 21 de setembro de 2019

Qual a sua favorita?

Quebrar maldições, desvendar assassinatos, proteger criancinhas e jogar Gwent nas horas vagas. Seja por sua história, diversão ou duração, há muita coisa boa para ser feita (e refeita) em The Witcher 3: Wild Hunt. Por isso, e por aqueles que já estão com saudades do jogo, separamos as nossas dez missões preferidas de The Witcher 3.

Obs: a lista não segue uma ordem de preferência.

Uma Torre Repleta de Ratazanas – Velen

Em Uma Torre Repleta de Ratazanas, a feiticeira Keira Metz pede para Geralt acabar com uma maldição na Ilha Fyke — completar essa missão é necessária para desbloquear o romance com Keira. Lá, o bruxo encontra Anabelle, o espírito de uma jovem que está preso no laboratório da torre. A forma como ela foi morta é o que faz desta missão ser tão interessante: após tomar uma poção de sono, Anabelle foi devorada viva por ratos.

Assuntos de Família – Velen

Uma das missões mais emotivas do jogo, Assuntos de Família coloca o jogador no drama familiar do Barão Sanguinário. Para conseguir pistas sobre o paradeiro de Ciri, Geralt precisa encontrar a esposa e a filha do Barão. Sem dúvida, o encontro com o fetulho apresenta uma das melhores sequências da missão. Assuntos de Família oferece uma boa história, com ótimas batalhas e decisões complicadas.

Gwent: Jogadores da Cidade Grande – Velen, Skellige e Pomar Branco

Já conseguiu se tornar um mestre do Gwent, jogo de cartas de The Witcher 3? Uma das melhores missões envolve esse viciante baralho , em que os jogadores enfrentam praticantes de Gwent por todos os cantos do game. São 120 únicas para coletar de diferentes adversários. É um bom passatempo para aqueles que querem tirar uma folga dos monstros.

Possessão – Skellige

Ao lado de Cerys, filha de Crache, Geralt precisa lidar com um Hym, demônio que se alimenta de culpa e vergonha. A vítima da história é o burgomestre Udalryk, que vai se mutilando ao longo da missão por conta da influência do seu parasita. A forma mais interessante de acabar com o Hym é aceitando o método de Cerys e enganando a criatura — quem ai teve coragem de jogar o bebê dentro do forno?

Senhoras da Floresta – Velen

Senhoras da Floresta está ligada com outras missões do jogo, incluindo Assuntos de Família, e é aqui que conhecemos as bizarras Moiras. Entre ajudar uma vila e enfrentar um lobisomem, há um momento nesta missão que merece destaque: a sequência em que o jogador precisa escolher entre salvar as crianças do Pântano Retorcido ou matar o espírito da árvore. Geralt ainda consegue descobrir novas informações sobre Ciri com o pequeno Johnny — mas não após ajudá-lo a recuperar sua voz.

A Peça é o Ideal – Velen

Em A Peça é o Ideal, Geralt de Rivia precisa encarnar um ator de teatro para encontrar Dudu e conseguir informações sobre Ciri. A missão já garante uma vaga nesta lista somente por oferecer a chance de acompanharmos o bruxo citando versos clichês e tentando ser um bom interprete.

Não Há Lugar Como o Lar – Kaer Morhen

Geralt merece uma boa noite de diversão com seus companheiros, e é exatamente isso que ele consegue em Não Há Lugar Como o Lar — claro, dependendo das escolhas do jogador. Após uma boa dose de bebidas, Geralt, Eskel e Lambert aprontam poucas e boas em Kaer Morhen usando as roupas de Yennefer.

Pecados Carnais – Velen

Após pagar de ator em A Peça é o Ideal, Geralt precisa encarnar o Sherlock Holmes em Pecados Carnais. Novigrad está sofrendo uma onda de ataques brutais, sendo que a trovadora Priscilla, parceira de Dandelion e amiga de Geralt, acaba sendo uma das vítimas. Com bons momentos de investigação, drama e cenas violentas, esta missão acaba sendo uma das mais intensas de The Witcher 3.

O Último Desejo – Skellige

Após muita enrolação, finalmente chegou a hora de descobrir se o amor entre Geralt e Yen é real — embora a resposta seja óbvia. Em O Último Desejo, a dupla vai a procura de um Gênio, a fim de quebrar a antiga maldição que ligava os dois. Um grande momento para a história do game, já que cabe ao jogador que escolher se Geralt ficará ou não com Yen.

Sem Nome – Skellige

Sem Nome tem uma instigante história em que Geralt encontra um Lobisomem “imortal”. Ao lado de Yen, o bruxo precisa investigar um labirinto e quebrar a maldição da criatura metade homem metade lobo. Ao mesmo tempo, Sem Nome acompanha a missão paralela A Calmaria Antes da Tempestade, com Ciri.

Bônus: “The Wolven Storm”

Já que estamos falando de momentos épicos de The Witcher 3, a canção The Wolven Storm não poderia ficar de fora. Não, não estou falando da missão em que a canção está, mas somente da doce e emocionante apresentação da trovadora Priscilla — por isso, esse trecho em específico é um bônus da lista. A música sobre o amor de Geralt e Yennefer é inesquecível e um dos pontos altos de todas as horas de jogatina de Wild Hunt.

Bom, espero que tenham gostado taverneiros, até a próxima! 🙂

 

TAGS
RELATED POSTS

Comunicado Importante! Com o objetivo de proteger todos os Bruxos e Feiticeiras do Continente, o Taverna de Rívia e o Vale do Pontar, organizadores da WitcherCon, concordaram com as decisões tomadas pelo Governo do Estado de São Paulo frente ao avanço do COVID-19. Assim, o evento WitcherCon e as vendas de ingressos da WitcherCon serão adiados e o evento acontecerá no final de 2020. A nova data será divulgada em breve. Essa decisão foi tomada para garantir a segurança de todos, sem pesar. Temos certeza que será um dia inesquecível para todos nós, onde vamos celebrar com amigos aquilo que mais gostamos: The Witcher! Aos Bruxeiros e Feiticeiras que desejarem, seus ingressos permanecem salvos ou podem ser reembolsados. Para dúvidas, contatem os canais oficiais do evento e fiquem ligados nas redes sociais para atualizações!

WITCHERCON

GWENT 2019 RESTROPECTIVA
pESQUISA
PODCAST TVR TAVERNA DE RÍVIA

Toss a Coin dublado
Tema Geralt and Yennefer
Jaskier o Peixeiro
cyberpunk 2077
Facebook
PARCEIROS – GWENTIZANDO

PARCEIROS VALE DO PONTAR

PARCEIROS – Andrzej Sapkowski

TEAM – TAVERNA DE RÍVIA

TÓPICOS RECENTES